Thursday, January 28, 2010

NO BENFICA BRINCA-SE.... AO FUTEBOL!!

Mas quando é que o Benfica aprende? Eu não quero acreditar nisto que o Record diz (espero que seja mais uma tentativa de desestabilização do jornal oficioso do Sporting. Coentrão a lateral, com aquela equipa que já não sofre golos há alguns jogos na Luz? Com o Vitória que até já nos eliminou da Taça? Por amor de Deus, continua o masoquismo na Luz....

Coentrão continua a lateral

Fábio Coentrão deverá manter a titularidade no lado esquerdo da defesa na partida do próximo sábado, diante do V. Guimarães. O camisola 18 das águias foi o eleito para desempenhar essas funções em Vila do Conde, frente ao Rio Ave, e agora tudo indica que Jorge Jesus vai dar-lhe novo voto de confiança.
Na partida no Estádio dos Arcos, que os encarnados venceram por 2-1, o esquerdino, de 21 anos, substituiu César Peixoto e cumpriu bem a missão frente a extremos de qualidade, como Bruno Gama. Ao acerto defensivo, Coentrão adicionou qualidade ao jogo ofensivo, apoiando, sempre que possível, Di María.
A continuidade do vila condense enquadra-se também no cariz do jogo do próximo sábado. Os encarnados jogam em casa, perante o seu público, e Coentrão é um jogador muito agressivo, guerreiro e que empresta à equipa maior acutilância em termos ofensivos.
Neste contexto, César Peixoto, jogador mais utilizado pelo técnico benfiquista no lado esquerdo da defesa, deverá sentar-se no banco de suplentes, apesar da regularidade exibicional que o camisola 26 das águias tem apresentado esta temporada.
Treino
Esta opção tem sido testada durante as sessões de treino. No primeiro apronto da semana, realizado na última terça-feira, o técnico das águias promoveu vários exercícios onde opôs defesa e ataque. E no setor mais recuado o timoneiro do clube da Luz colocou sempre o camisola 18 ao lado de Maxi, Luisão, David Luiz e Javi García.
Durante a sessão foi também notória a preocupação de Jesus com as movimentações defensivas do internacional português, corrigindo o seu posicionamento em diversas ocasiões.
Habituado
Coentrão fez a sua carreira como extremo, e foi assim que despontou no Rio Ave, despertando a cobiça de vários clubes. Contudo, a adaptação ao lado esquerdo da defesa não é caso virgem esta época. Em 5 jogos o esquerdino alinhou nesta posição, e não comprometeu, apesar das águias terem perdido em duas ocasiões.
In Record - 29 de Janeiro de 2010

Esta é outra noticia que me deixa petrificado.... Shaffer vai ser emprestado??? Então e quando Peixoto não puder jogar, como é que é? Coentyrão é melhor jogador que Shaffer? Sem dúvida que é! Shaffer é melhor defesa-esquerdo que Coentrão? Claro que sim! Além disso, é importante haver no banco quem possa acelerar o ritmo de jogo e Coentrão faz isso bem.... Mas pronto, como o Benfica gosta de ser masoquista, quem se fode são os adeptos.... Que não ganham dinheiro nenhuem e ainda se sacrificam pela equipa... P'ó c.... com esta m...... Fo......! Já agora também mandem embora o Miguel Vitor e depois ganham é a Liga do Burkina Faso!


Shaffer emprestado
SAINT-ÉTIENNE DEVE SER O DESTINO

Shaffer não vai completar a temporada ao serviço do Benfica, devendo o seu futuro passar pelo Saint-Étienne, embora o Metalist também se encontre na corrida pelo empréstimo do jovem lateral-esquerdo argentino. A cedência do jogador de 24 anos deve ficar fechada ainda hoje, ou o mais tardar amanhã, pois o mercado de inverno encontra-se já na reta final.
Jorge Jesus há muito tempo informou a SAD que não conta com Shaffer, advogando que este deve rumar a um emblema que lhe permita jogar de forma regular, de modo a ganhar traquejo e adaptar-se ao futebol praticado no Velho Continente. Confrontado com este cenário, Rui Costa vem envidando esforços no sentido de proporcionar a Shaffer um destino que lhe possibilite evoluir. Neste momento há duas opções em carteira: os franceses do Saint-Étienne e os ucranianos do Metalist.
França
O nosso jornal está em condições de adiantar que Shaffer prefere rumar ao Saint-Étienne, por duas razões: em primeiro lugar, porque o campeonato gaulês lhe proporciona uma visibilidade muito maior do que o ucraniano; e em segundo porque nos verts evoluem já dois argentinos, o médio Augusto Fernández (23 anos) e o avançado Gonzalo Bergessio (25 anos), este último ex-Benfica, o que lhe dá garantias de uma melhor e mais rápida adaptação à equipa dirigida pelo técnico Bernard Caiazzo.
Opção
Contratado no último defeso por 1,8 milhões de euros, Shaffer prepara-se agora para tentar a sua sorte em França. Tal como é normal neste género de situações, é provável que o negócio do empréstimo do argentino inclua uma cláusula de opção de compra a favor dos verts. Desta forma, e caso justifique a aposta, Shaffer pode até não voltar a alinhar de águia ao peito. Basta recordar o que aconteceu com Sepsi, outra das apostas do Benfica para o lado esquerdo do sector defensivo, mas que hoje em dia já está a título definitivo no Poli Timisoara.
Uma coisa é certa: o defesa argentino não vai ter uma vida fácil, dado que o Saint-Étienne se encontra bem próximo da cauda do Championnat. A saída de Shaffer não vai ter grande influência na manobra da equipa do Benfica, dado que à frente dele se encontravam César Peixoto e até o adaptado Fábio Coentrão.
In Record - 29 de Janeiro de 2010


1 comment:

cmcc said...

Camarada, o que mais impressão me faz é que ninguém tem coragem de dispensar o Mantorras. Está a ocupar uma vaga e não joga. Agora é preciso dispensar alguém à pressa porque não há vaga para o Airton. Claro que o Shaffer vai fazer falta e o plantel fica sem lateral-esquerdo de raiz