Tuesday, October 07, 2008

UMA QUESTÃO DE ESTOFO...

É costume dizer-se que neste tipo de jogos os campeões aparecem... Em Matosinhos, apesar de mais uma arbitragem miserável de Olegário (quantas entradas como as dos jogadores do Leixões não dariam amarelo?) e de um golo mal anulado (o Nuno Gomes não impede o guarda - redes de ir à bola, o guaradião leixonense vai contra o avnaçado do Bebnfica) o que se viu na segunda parte foi um Benfica medroso e cheio de medo. Não foi difícil adivinhar que com tantos cantos e livres alguma bola iria parar à baliza encarnada.
Como é que Quique não deu sinal aos jogadores para irem mais para a frente? A defender assim, seria difícil ganharmos o jogo. O benfica defendeu em apenas 30 metros o que foi muito, mas muito perigoso. Outra coisa que pudemos constatar: Di Maria não pode ser titular do Benfica e Nuno Gomes voltou à normalidade. Espero com ansiedade pelo regresso de Suazo, que irá dar outra agressividade ao ataque encarnado.
Quanto à defesa, Miguel Vitor cumpriu, mas é claramente no centro da defesa que ele se sente melhor. E quer queiramos, quer não, Maxi fez muita falta pela luta que dá aos adversários. E acima de tudo, pareceu-me que o nosso meio - campo estoirou completamente apartir dos 20 minutos da segunda parte, nomedamente Yebda (a uica falha dele dá glo ao Leixões).
Pelas últimas exibições, esperava um Benfica mais agressivo, mais ambicioso, pagmático, mas a defender longe da baliza, como fez contra o Sporting e contra o Nápoles. Acho que Quique não é como Koeman, mas lembro-me muito bem como era com o holandês, grandes jogos com as equipas grandes, mas exibições miseráveis com as equipas pequenas.
Já aqui o disse várias vezes: os jogadores têm de jogar cada minuto como se fosse o último da vida de cada um. E quer queiramos, quer não o F.C. Porto já veio á Luz, já foi a Alvalade e está com 12 pontos. Nós, por outro lado, temos duas vitórias e três empates, o que não é nada famoso. Agora recebemos o Penafiel para a Taça, recebemos a Naval para o campeonato e vamos a Guimarães, um campo sempre dificil.
Relativamente à Taça Uefa, este ano não existem equipas muito fáceis, mas o Benfica tem obrigação de estar entre os três primeiros para ir para os 1/16 de final. E claro, não é dizer que já estamos apurados, mas fazer pontos para esses lugares. Mas nunca com aquela mentalidade burguesa que tivemos em Matosinhos, isso não!
Na realidade, confesso que estou desiludido com a prestação da nossa equipa. Por isso mesmo, repito que a nossa aposta primordial deverá ser a Taça da Liga e a Taça de Portugal, para começarmos a cultivar o hábito de vitória.
P.S: Cardozo disse que o Benfica ganhou um ponto. Estaria tudo bem, desde que fosse um ponto que desse para assegurar algum título. Assim, não!

1 comment:

Coluna D'Águias Gloriosas said...

Caro MDF

Téns toda a razão....o Nuno Gomes voltou á normalidade, foi aflitivo vê-lo jogar ontem, andou o jogo todo cheio de medo, enfim, como tu dizes e bem que venha o Suazo rapidamente...

Sou fâ de Quique mas ele ontem convidou o Leixões a descer com a troca dum avançado por um médio, quem devia ter entrado era o Makukula mas não sei porké este não joga...

Saudações Gloriosas