Wednesday, February 13, 2008

OS NOSSOS QUERIDOS COMENTADORES DESPORTIVOS (*)


(*) Título adaptado do blogue "Queridos jornalistas desportivos"

Depois do Benfica – Paços de Ferreira que os encarnados venceram justamente, embora com mais uma exibição confrangedora, tive curiosidade em ver o programa “Trio de Ataque”. António Pedro Vasconcelos, Rui Moreira e Rui Horta e Costa são so comentadores.

Já antrevia um programa polémico, só não esperava é que Rui Horta e Costa também sofresse de um anti – benfiquismo primário, ao melhor estilo de José António Lima, Dias Ferreira, José Mota, Domingos Paciência, etc, etc, etc...

Para além dos ataques a Scolari, que por acaso também não me entra no goto - mas foi com ele que conseguimos os melhores resultados, lá isso foi -, a arbitragem do Benfica – Paços de Ferreira esteve em destaque.

Em pimeiro lugar, Carlos Daniel – que se diz benfiquista – dstacou e voltou a realçar a arbitragem de Augusto Duarte que, talvez só por acaso, também é acusado no processo Apito Dourado. Para Rui Moreira e Rui Horta e Costa o árbitro teve influência no resultado.... Mas para este último e nesta época, o Benfica – Paços de Ferreira foi o jogo onde mais de notou a influência da arbitragem ao ajudar a virar um resultado, desde a expulsão do jogador do Paços de Ferreira, ao assinalar duas grandes penalidades que não deveriam ter sido, desde não assinalar um fora de jogo que daria o 0-2, etc, etc,etc.

Curiosamente, A.P. Vasconcelos perguntou a Rui Horta e Costa se admitia que um qualquer árbitro pudesse assinalar no lance do 1º penalty, este último admitiu que sim. Então...se admite que se possa assinalar penalty, o árbitro não agiu bem? Ah pois... foi a favor do Benfica!
Entretanto, este senhor parece que se esqueceu da influência do árbitro, esta época, nos jogos Leixões – Benfica, Benfica – Guimarães, Benfica – Leixões, Benfica – Nacional, etc, etc, etc... Nestes jogos os árbitros já não terão sido decisivos para o resultado final que pode ter tirado 8 pontos ao Benfica? Aqui já não...

Mais curioso ainda foi quando Rui Moreira perguntou a Rui Horta e Costa se não considerava que tinha havido penalty no 1º minuto contra o Sporting e, mais uma vez, Rui Horta e Costa, disse com toda a convicção que não era penalty. Já no lance do Vukcevic, achou normal que o jogador do Sporting só tivesse levado amarelo... Ai se fosse Binya, o que não seria! Por acaso, mas só mesmo por acaso, a RTP não mostrou estes lances, e no resumo do Porto analisou detalhadamente o jogo para aí uns vinte segundos.

Como mais uma vez se viu, a verdade desportiva é maior para alguns do que para outros. Aposto que vamos levar até ao fim da época com esta arbitragem e com a arbitragem da Amadora. E também é por isso que as vitórias custam mais a uns que a outros.

2 comments:

Coluna D'Águias Gloriosas said...

Caro Benfiquista MDF

O artista que falas não é Rui Horta e Costa mas sim Rui Oliveira e Costa acho eu

este tipo é de um cinismo atroz em relação ao Benfica, não tém seriedade nenhuma

Gostei muito deste post e vou-lhe dar o devido relevo no meu blog porque todos somos sempre poucos para defendermos o nosso querido Glorioso dessa gentalha grotesca que por aí anda....

Saudações Gloriosas

Anonymous said...

Post muito engraçado mas com um pequeno erro: Rui Horta e Costa nunca comentou no programa "Trio de Ataque", deves estar a confundir com Rui Oliveira e Costa.

Abraços